Buscar
  • Shirley Pontes

Comer Certo X Comer Errado

Nós sabemos o que é comer certo, então porque comemos errado?





Existe uma grande desinformação neste sentido, em parte feita pelas propagandas que entram nos lares brasileiros, anunciando produtos que embora liberados pela legislação, acabam sendo prejudiciais à saúde como: Óleos vegetais refinados, margarinas, doces, lasanhas e pizzas prontas, alimentos ultra processados, embutidos; mostrando que “as famílias lindas e felizes consomem tal produto”.


Sem falar no apelo agressivo direcionado às crianças: Bolacha, biscoito, sanduíche, refrigerante, macarrão instantâneo, empanadinho de frango, com embalagens bem coloridas e atraentes. Mas não falam do excesso de sódio, conservantes, adoçantes... que no mínimo vai te fazer engordar.


Algumas mães falam que “os filhos não aceitam frutas e legumes!”, "ele prefere refrigerante a suco natural!”. Isso significa que desde bebês eles comem coisas erradas e não acostumaram o paladar ao certo: Frutas verduras, legumes, cereais, carnes! Tudo muito variado, colorido, cozido, cru, grelhado.


Infelizmente não existe propaganda ensinando o valor nutricional dos alimentos naturais e que eles são muito melhores que os processados! Não investem em programas que esclarecem os problemas que os alimentos processados acarretam para a saúde em longo prazo e não existe educação para a saúde nas escolas. Então pergunto: Será que as propagandas direcionam o consumo de produtos alimentares que colocamos dentro da nossa despensa?


E fácil verificar que a maioria das crianças consomem excesso de açúcar, glúten sorvetes, chantilis, gorduras trans e outras “gostosuras”, aprendem jovens e seguem se envenenando durante toda a vida. Temo que se transformem em crianças e adolescentes obesos, que se tornarão adultos obesos e doentes possivelmente com Diabetes, Gastrite, Colite, Refluxo, Esteatose Hepática... E muitos outros males que eram considerados doenças típicas de idosos, e agora estão acometendo os jovens. Obviamente a causa é a ingestão excessiva de carboidratos simples somados a falta de atividade física.


Não se iluda, o custo da alimentação errada chegará em algum momento da vida. Então depois dessa reflexão, deixo um convite: Nas suas próximas idas ao supermercado, vá para a gondola de frutas, verduras, cereais e carnes e evite as embalagens coloridas. Quanto mais natural e orgânico melhor para a sua família! ESCOLHA COMER CERTO!


Dr. Francisco Humberto Freitas Azevedo

CRM-DF 14.747 - Nutrólogo


23 visualizações